O software de gestão da manutenção é nos dias de hoje uma ferramenta indiscutível para apoio à gestão da manutenção. Este artigo analisa alguns aspetos relevantes na escolha de um software de gestão da manutenção, tanto do ponto de vista da manutenção como de toda a organização.

O artigo conclui que a avaliação do software de manutenção deve fundamentar-se nas suas capacidades e funcionalidades para suportar as operações de manutenção, sendo que o conceito de integração deverá apenas assumir proeminência, se for reconhecido que os requisitos específicos da gestão da manutenção são cumpridos.

Este artigo foi editado por Rodrigo S. Cabral, Managing Director na ManWinWin Software. A fonte principal deste artigo é o “Guia prático de gestão da manutenção de edifícios”, da autoria do Eng. José Saraiva Cabral, um dos fundadores da empresa.

Pin It on Pinterest

Share This